AuthorSusan Peck

Como o clareamento dental funciona?

Se você chegar a nossa prática de clareamento dental, procederemos da seguinte maneira. Antes do tratamento de clareamento começar, nós verificamos seus dentes. É muito importante identificar quaisquer problemas com os dentes, porque o clareamento dos dentes pode piorar esses problemas. É por isso que todos os problemas com os dentes são sempre resolvidos primeiro, e só então iniciar o tratamento de clareamento.

Se você tem dentes saudáveis, vamos fazer uma impressão de seus dentes. Enquanto isso, os resultados desejados do tratamento de branqueamento serão discutidos com você. Desta forma, você sabe exatamente onde você está com o clareamento dos dentes. Nota: o resultado alcançável de clareamento dos dentes depende da condição de seus dentes, mas também de seus hábitos alimentares e de vida.

Você leva para casa a impressão que fazemos dos seus dentes. Você usa essa dentadura branqueadora com gel branqueador com baixa concentração de peróxido de hidrogênio, que você injeta em seus dentes em casa.

Os dentes estão clareando seguros?

Se você se submeter ao tratamento clareador em nossa prática, você mesmo branqueia seus dentes. Você receberá os dentes branqueadores em casa para usar de forma independente. Este tratamento é seguro. No entanto, você compra recursos para clarear os dentes? Então o tratamento pode ser inseguro.

O clareador que usamos tem uma concentração muito baixa de peróxido de hidrogênio. Essa concentração atende aos requisitos da União Europeia. Há também empresas que vendem produtos de branqueamento com uma concentração muito alta de peróxido de hidrogênio. Se você usar esses agentes, você pode danificar seus dentes. Por isso, aconselhamos sempre a fazer clareamento dental em casa, em consulta e em colaboração com um dentista.

Alguém pode branquear os dentes?

Sim, qualquer pessoa com 18 anos ou mais pode ter seus dentes embranquecidos. Mesmo se você tiver chaves, você pode ter seus dentes embranquecidos. Tenha em mente que as coroas e os recheios não podem descorar quando os dentes são branqueados. É por isso que o clareamento dental não proporciona a todos um bom resultado final. Seu dentista pode informá-lo mais sobre isso. Obtenha mais informações sobre clareamentos dos dentes em carboblan precos.

Procedimentos podem ser “pesados” e aumentar

Use bomba

O princípio de funcionamento é o efeito da baixa pressão no corpo localizado na unidade. O pênis começa a fluir forte e levemente. O dispositivo é bastante popular entre os consumidores que querem aumentar a espessura do pênis.

Antes de usar um dispositivo especial, é melhor ver o vídeo no qual as regras do aplicativo são descritas em detalhes.

Bem, o que o bicarbonato de sódio tem a ver com os órgãos reprodutivos masculinos? O mais direto. Use este produto em casa de várias maneiras:

massagem;

descamação;

refrigerantes;

compactar.

Tais remédios públicos antigos para aumentar o pênis aumentam o fluxo sanguíneo no pênis e têm efeito antiinflamatório e desinfetante. Segundo os usuários, após alguns procedimentos, o pênis aumenta acentuadamente.

Suplementos para força

Hoje, existem todos os tipos de drogas, em que o resultado desejado é rapidamente alcançado, aumentando o órgão reprodutor masculino. Estes são cremes, condicionadores, géis, sprays que, dependendo do propósito, são de curta duração, duradouros e úteis.

“Rápido” é aplicado imediatamente antes do sexo e não afeta o pênis por mais de 2 horas. Tecidos “longos” são usados ​​em estrita conformidade com as instruções do esquema. “Ajudantes” são usados ​​com outros métodos para aumentar o pênis e aumentar a força, mesmo em casa. Sua tarefa é expandir os vasos sanguíneos e aumentar o fluxo sanguíneo para o órgão.

Além disso, os homens usam ervas, pílulas e hormônios em um esforço para mudar rapidamente o tamanho de seu “irmão mais velho”.

Introdução ao aumento do pênis

Um aumento do pênis é um procedimento cirúrgico de plástico que é realizado para atingir uma extensão peniana e / ou um espessamento do pênis. Nesta página, aqueles que estão considerando submeter-se a um aumento do pênis podem encontrar informações detalhadas sobre as opções e limitações da intervenção.

O pênis de um homem sempre foi um símbolo da masculinidade. A importância do tamanho para a vida sexual e auto-estima ainda é um tópico de discussão. No entanto, há mais e mais homens que optam por sofrer um aumento do pênis na forma de uma extensão do pênis e / ou um espessamento do pênis.

PERDA DE PESO RÁPIDA

PERDA DE PESO RÁPIDA – PERCA O CAMINHO CERTO RAPIDAMENTE

Quando você pensa na palavra perda de peso, provavelmente está pensando na palavra rapidamente. Não há nada pior do que uma perda de peso que dura para sempre. Em todo caso, é uma maneira segura de perder a motivação.

Uma rápida perda de peso é particularmente relevante para você, que deve jogar um pouco mais do que apenas alguns quilos. Se for muito devagar, então uma grande perda de peso simplesmente se tornará incontrolável – e então, de repente, torna-se muito fácil simplesmente desistir.

Em outras palavras, algo deve acontecer; e como rápido.

Claro, sua perda de peso deve ser durável e saudável (e não menos no caminho certo) – mas, portanto, você pode facilmente jogar fora o excesso de gordura em um ritmo acelerado. Apenas requer que você saiba como fazê-lo.

Neste artigo você encontrará as dicas necessárias para obter uma rápida perda de peso que realmente funciona. Ao mesmo tempo, você aprenderá quais armadilhas e armadilhas você deve evitar, para que não acabe se perdendo apenas para recuperar o kg perdido.

Abandone sua dieta e ajudas “mágicas”

Se falamos sobre o tema da “perda de peso rápida”, então há uma coisa que não esquecemos. Para fazer dieta.

Uma rápida perda de peso deve, como você sabe, ser apenas isso; rapidamente. E, portanto, há também muitos – talvez você mesmo – jogando-se sobre vários “milagres” curas, na esperança de jogar todo o kg supérfluo com rapidez e facilidade.

Deixe-me resumir para você; Fazer dieta não funciona.

Sem ir muito em detalhes neste artigo, o problema da dieta é que eles são limitados no tempo e pesados, mas o mais importante, eles não mudam seus hábitos e comportamento para melhor. Assim, a dieta nunca levará a perda de peso duradoura.

Portanto, não adianta pular em uma nova dieta inteligente para os próximos meses, onde você tem que comer ou beber algo específico (e em certa quantidade) todos os dias. Ele não lhe dá mudanças duradouras e acabará inevitavelmente com você após a sua dieta acabar na mesma situação – e você já tentou com várias dietas – então você provavelmente já sabe disso por experiência própria.

Deficiência de Colágeno – Consequências

Deficiência de Colágeno – Consequências

Por causa da falta de colágeno, sinais de envelhecimento aparecem em nossos corpos : rugas, pele dolorida e dor nas articulações. Reduções na produção de colágeno também são contribuídas por outros fatores.

Entre eles estão:

dieta desequilibrada,

tabagismo,

exposição excessiva aos raios UV,

baixa atividade física,

ingestão excessiva de cafeína e álcool,

Ingestão insuficiente de água no corpo.

Descobriu-se que as doenças relacionadas ao colágeno são mais comuns devido a uma combinação de danos genéticos, má ingestão de colágeno e problemas digestivos que afetam a produção de colágeno.

O colágeno pode substituir de maneira natural?

Existem várias maneiras de estimular a produção de colágeno no corpo, por dentro e por fora. Infelizmente, os cremes de colágeno que você pode aplicar à pele não funcionam . Moléculas de colágeno nelas são grandes demais para penetrar na pele, e esses cremes geralmente atuam como hidratantes da pele.

Felizmente, existem algumas maneiras naturais extremamente eficazes para aumentar o colágeno em seu corpo. Um deles é nutrição. Quando se trata de alimentos que são as fontes de colágeno , a maioria deles são alimentos ricos em proteínas, incluindo carne, frango, peixe, frutos do mar e ovos .

Uma boa fonte de proteína, especialmente colágeno, é uma sopa de ossos e gelatina.

Existem também suplementos alimentares que contêm colágeno. Embora ainda não tenha sido provado que funciona exatamente na pele, sabe-se que o colágeno não vem diretamente para a pele.

Tipos de colágeno em carne animal

Existem pequenas diferenças entre essas fontes. Colágeno bovino ou bovino vem da pele, ossos e músculos da tosse, e é principalmente tipo 1 e tipo 3 (existem vários tipos de colágeno, tipo 1 é o mais numeroso em nosso corpo). Eles têm um efeito positivo na produção de queratina e na construção muscular.

Colágeno de frango é principalmente um colágeno tipo 2 . É útil para a construção de tecido de cartilagem , o que o torna especialmente bom para a saúde das articulações. O colágeno encontrado em peixes é principalmente do tipo 1. Devido ao fato de que ele é encontrado em todo o corpo, o colágeno de peixe é um dos melhores suplementos para sua dieta.

Ela afeta as articulações, pele, órgãos vitais, vasos sanguíneos, digestão e ossos. Como o colágeno de peixe , o colágeno do ovo também é do tipo 1. Assim, os ovos e o peixe fresco da nossa lista de alimentos são ricos em colágeno que você consumirá para obter os melhores resultados.

Colágeno – a proteína da nossa juventude

Componentes importantes do tecido conjuntivo são colágeno, elastina e ácido hialurônico. A quantidade dessas substâncias é diretamente proporcional à juventude da nossa pele. Por que O colágeno é uma proteína que forma a base do tecido conjuntivo, garantindo sua força e elasticidade. A elastina é outro tipo de proteína que é responsável pela elasticidade dos tecidos, permitindo-lhes recuperar. E o ácido hialurônico é uma substância gelatinosa que preenche o espaço entre eles. Podemos dizer que estas são três baleias, nas quais a juventude e a beleza da nossa pele permanecem.

De um ponto de vista químico, o colágeno é uma proteína fibrilar que possui uma estrutura helicoidal torcida à direita de três cadeias de aminoácidos. As cadeias de aminoácidos são tecidas em conjunto na forma de uma corda e mais fortes em força do que o aço. E tudo porque a estrutura das moléculas de colágeno inclui tropocolágeno proteína estrutural, o que lhe confere elasticidade e força sem precedentes. Devido à sua forma espiral, o colágeno permite que o tecido conjuntivo permaneça em boas condições. E dele os tegumentos externos de todos os órgãos se organizam.

Colágeno é parte dos vasos sanguíneos do sistema sanguíneo, ossos, cartilagens e tecidos dentais, a composição de tendões e ligamentos. Podemos dizer que estamos literalmente saturados de colágeno. Mas é especialmente abundante na pele: 70% da quantidade total de todas as proteínas está presente.

Colágeno no corpo humano

Colágeno no corpo desempenha certas funções:

protetora;

apoio;

regenerando;

juntamente com a elastina contribui para a elasticidade e resistência do tecido.

Devido às suas propriedades únicas, o colagênio “une” todos os complexos celulares. Se não fosse por ele, então nosso corpo literalmente desmoronaria em átomos. O colageno renova 31, desempenha a função de uma certa argila única.

Apesar do fato de que o colágeno tem sido usado em cosmetologia por um longo tempo, ainda causa muita controvérsia e debates quase científicos. Absolutamente, podemos dizer que a especulação em torno do colágeno é suficiente. O que causou tal interesse em um esquilo inocente? E o fato de que recentemente no mercado de cosméticos apareceu colágeno de “origem vegetal e vegetal-marinha”.

Diferença entre impotência e disfunção erétil

Impotência e Disfunção Erétil

Diferença entre impotência e disfunção erétil

Por definição, entre impotência e disfunção erétil é freqüentemente interpretado. Mas isso não significa que eles sejam semelhantes. Porque há uma coisa que é frequentemente negligenciada.

E no mundo da medicina e nos termos da saúde reprodutiva, essa é a diferença:

Impotência

A impotência na verdade tem um significado mais amplo do que a disfunção erétil. Medicamente, a impotência é definida como a condição de um homem em que ele ainda tem a capacidade de erguer. Mas infelizmente, esses homens têm baixa taxa de fertilidade, então a possibilidade de gravidez também é muito pequena.

A impotência também nem sempre está relacionada à disfunção erétil, porque basicamente um homem impotente ainda pode se erguer. A diferença é que as ereções e ejaculações que eles experimentam parecem menos importantes e também menos férteis.

Disfunção erétil

Outra impotência, também com disfunção erétil. Se você tem disfunção erétil, é claro que você provavelmente já entende isso.

Disfunção erétil significa comprometimento da função de ereção ou falha erétil. A disfunção erétil mostra a condição de um homem onde ele não pode ou não pode manter uma ereção. E isso também não está sempre relacionado à ejaculação precoce.

Isso significa que a falha erétil que eles experimentam nem sempre é causada pela ejaculação que é muito rápida ou melhor conhecida como ejaculação precoce. Mas pode ser porque o homem perde sua capacidade ou tem dificuldade em manter sua ereção.

Alguns deles são incapazes de erguer, de modo que não ejaculem.

Se você tiver esse problema, você deve resolvê-lo imediatamente. Realize uma forma mais segura e comprovada, por exemplo, usando o Naturec Pro, que foi confiável até agora e é eficaz na superação do problema da disfunção erétil.

Como? Você entende agora a diferença de impotência e disfunção erétil? Em uma analogia simples, a impotência pode ser ocidentalizada como uma casa com vários objetos nela. E disfunção erétil é um dos objetos da casa. Simples assim.

Se você já entendeu isso, é claro que você não quer experimentar distúrbios sexuais como esse? Para isso, preste atenção à sua saúde a partir de agora.

Manter uma dieta regular e exercício e evitar sentir-se estressado e excessivamente ansioso que pode desencadear distúrbios ou problemas sexuais.

Diabetes mellitus (diabetes) é uma causa muito comum de impotência

Diabetes mellitus (diabetes) é uma causa muito comum de impotência. Isso representa cerca de 33% de toda a impotência orgânica. Açúcar elevado também afeta os vasos sanguíneos e nervos.

As pessoas que fumam 20 cigarros por dia durante 5 anos têm uma terceira chance para um distúrbio de potência devido a doença dos vasos sanguíneos. E aqueles que fumam por 20 anos são 75% mais propensos a ter problemas potenciais. Há também uma grande influência no potencial do álcool, cigarros e drogas.

Hoje é importante educar as pessoas sobre esse problema. Os homens têm que identificar o problema e perceber que é a mesma doença. Apenas um bom diagnóstico pode levar a uma verdadeira terapia. É necessário saber que um distúrbio de potência pode ocorrer em qualquer idade e não é reservado apenas para a população idosa. Quando um homem encontra dificuldades, ele ou ela deve ir ao seu médico ou urologista sem vergonha.

Este primeiro passo é o mais importante. Quando um homem chega ao médico, mais da metade do problema é resolvido! É necessário rever o paciente, fazer exame urológico geral e testes laboratoriais básicos. Então nos aproximamos do diagrama que deve indicar qual tipo de distúrbio de potência funciona.

Disfunção erétil (impotência) – causas e tratamento

Disfunção erétil ou impotência é uma incapacidade de manter a ereção sexual dos órgãos masculinos.

A disfunção erétil é uma condição bastante comum, especialmente em homens mais velhos. Estima-se que metade dos homens com mais de 40 anos de idade sentem os problemas de ereção em certa medida.

Impotência – Quando entrar em contato com um médico?

Visite o seu médico se a disfunção erétil durar mais do que algumas semanas. Ele primeiro avaliará sua saúde geral. Isso ocorre porque a impotência pode ser um sinal de alguma doença grave, como doença cardíaca .

Disfunção Eréctil – Causas

A disfunção erétil ou impotência pode ter diferentes causas, seja física ou psicologicamente.

Se você tem disfunção erétil

Se você tem disfunção erétil, você pode pensar que um tratamento de testosterona iria ajudá-lo. A testosterona é um hormônio sexual masculino. Depois dos 50 anos, os níveis de testosterona diminuem gradualmente nos homens e a disfunção erétil torna-se mais comum. A menos que você tenha outros sinais e sintomas de baixa testosterona, você deve pensar duas vezes antes de receber este tratamento. Aqui está o porquê:

O tratamento com testosterona nem sempre resolve a disfunção erétil.

O tratamento com testosterona não melhora as ereções em homens que têm níveis normais de testosterona. Além disso, estudos mostraram que nem sempre é útil em homens com deficiência de testosterona se a disfunção erétil for o único sintoma.

A disfunção erétil é geralmente associada a outras causas.

A disfunção erétil é geralmente causada por uma diminuição no fluxo sanguíneo para o pênis ou um problema que afeta os nervos que causam a ereção. Esses fenômenos resultam de outros problemas de saúde, como endurecimento das artérias, pressão alta, colesterol alto ou diabetes. Essas doenças ajudam a estreitar os vasos sanguíneos e reduzem o suprimento de sangue ao pênis ou danificam os nervos que causam a ereção.

A baixa testosterona pode interferir no desejo sexual, mas geralmente não causa disfunção erétil.

O tratamento com testosterona não é seguro.

O tratamento com testosterona pode levar à retenção de líquidos no corpo. Também pode causar acne e aumento da próstata e seios. Outros efeitos colaterais incluem diminuição da fertilidade, aumento da contagem de glóbulos vermelhos que pode levar a doenças cardíacas, agravamento dos sintomas da apnéia do sono e aumento do risco de desenvolver câncer. a próstata cresce mais rápido.

Mulheres e crianças devem evitar tocar o local na pele de um homem, onde ele aplicou gel contendo testosterona, se a pele estiver descoberta e não tiver sido lavada desde a aplicação. O gel pode ser transferido por contato com a pele.

Músculo liso no pênis que causa disfunção erétil?

Ou os vasos sanguíneos “bombeiam” sangue suficiente no pênis durante a excitação sexual?

Ou o assoalho pélvico está muito fraco e você não consegue manter a dureza suficiente?

Ou os nervos foram danificados?

Estas são algumas das perguntas que precisam ser respondidas antes que qualquer terapia possa ser iniciada.

Os homens estavam mais ativos na cama mais cedo do que hoje?

Sim. A frequência sexual diminuiu significativamente nos últimos 30 anos – duas a três vezes. O envelhecimento da sociedade é um dos motivos. Mas os homens mais jovens não fazem mais isso com frequência. Em um estudo, descobrimos que pessoas de 18 a 30 anos tiveram relações sexuais de 18 a 22 vezes por mês há 30 anos; hoje ainda é de quatro a dez vezes. No grupo de 41 a 50 anos, a frequência caiu de seis para dez vezes para hoje, duas a três vezes por mês.

Naturalmente, a função erétil diminui com a idade. Entre os jovens de 20 a 30 anos, 2,4% reclamam dos problemas, dos 40 aos 50 anos, 19,8% e dos 60 aos 70 anos, 67%. Isso pode ser considerado normal, mas não é necessário. Uma vida sexual gratificante é importante para o bem-estar e a parceria. E o que pesa ainda mais: os problemas de ereção podem ser os precursores de um ataque cardíaco. Então o pênis é algo parecido com a antena do nosso coração. O diâmetro dos vasos sanguíneos no pênis é de apenas um a dois milímetros, no coração, no entanto, de três a quatro milímetros. Isso significa que os vasos penianos são mais rápidos. Apenas dois a oito anos depois, o ataque cardíaco segue – e isso acaba para quase todo segundo homem mortal.

Quantas vezes são causas físicas por trás dos distúrbios de potência?

Os distúrbios de potência são a causa de distúrbios de potência em apenas 18% dos homens. Os restantes 82% têm causas físicas. Nos anos 90, ainda se acreditava que mais de 80% da disfunção erétil é puramente mental. A ciência foi injustiçada.

Outra forma de disfunção sexual

Incidência de ejaculação precoce

Outra forma de disfunção sexual, como ejaculação precoce e perda de libido (diminuição do desejo sexual), também é muito comum. NHSLS descobriu que 28, 5% dos homens 18-59 anos relataram ejaculação precoce e 15,8% não tinham interesse no ano passado. Um adicional de 17% relataram ansiedade sobre o desempenho sexual e 8,1% indicaram falta de prazer da atividade sexual.

O que causa a impotência / disfunção erétil?

A disfunção erétil pode ser causada por uma série de condições médicas e mentais. Em geral, a disfunção erétil é dividida em orgânica (que tem a ver com um órgão do corpo ou sistema orgânico) e impotência psicogênica (mental). Curiosamente, e não surpreendentemente, a maioria dos homens com causas orgânicas também tem um componente mental ou psicológico.

Os problemas eréteis masculinos geralmente produzem uma resposta emocional significativa com base no efeito da disfunção erétil na confiança, autoestima e moralidade na maioria dos homens. Isso é descrito como um padrão de ansiedade e estresse que pode perturbar ainda mais a função sexual normal. Essa “ansiedade de desempenho” precisa ser reconhecida e tratada por um médico.

A capacidade de atingir e manter ereções requer o seguinte:

Um sistema nervoso saudável que direciona os impulsos nervosos do cérebro, espinha e pênis

Artérias saudáveis ​​dentro e perto dos corpos cavernosos no pênis para que, quando estimulados, haja um aumento no fluxo sanguíneo para o pênis

Músculo macio fresco e tecido fibroso dentro dos corpos cavernosos para que ele possa se encher de sangue

Uma quantidade suficiente de óxido nítrico (NO) no pênis para ajudar a estimular o fluxo sanguíneo no pênis

Funcionamento normal da túnica albugínea, camada de tecido ao redor dos corpos cavernosos e responsável pela compressão das veias para manter o sangue no pênis

Interações psicossociais apropriadas para melhorar a estimulação / estimulação sexual e reduzir a ansiedade / estresse

A disfunção erétil pode ocorrer se algum desses requisitos estiver danificado. A seguir, são causas de disfunção erétil em homens, e muitos homens podem ter mais de uma causa.

© 2019 Dir. Josh

Theme by Anders NorénUp ↑